Audiência Pública para apresentação do Relatório de avaliação das Metas fiscais do segundo quadrimestre

por pds publicado 24/09/2015 13h55, última modificação 29/09/2015 08h36
Na manhã de 24/09/2015 representantes da Câmara de Vereadores juntamente com representantes do Poder Executivo estiveram reunidos em audiência pública.

No período de primeiro de janeiro a trinta e um de agosto de 2015 o resultado primário foi de R$925.895,31. O desempenho positivo demonstra que as receitas primárias foram suficientes para suportar integralmente as despesas primárias além  de gerar excendentes para o pagamento da dívida, cujo dispêndio com juros e amortizações totalizou R$9.803,68 no período. Segundo o balanço orçamentário da Receita, o total previsto que corresponde a soma das receitas correntes e de capital, excluídas as deduções de receita foi estimado na Lei do orçamento para 2015  o montante de R$22.185.930,00. A receita efetivada no  período de janeiro a agosto de 2015 foi de R$11.637.819,91, tendo sido arrecadado portanto 52,46% da meta anual. Nas despesas orçamentárias de pessoal e de encargos estão o RPPS de R$632.193,26; câmara de Vereadores R$374.161,83 e Prefeitura Municipal R$ 5.139.651,08. Abaixo discriminado as despesas liquidadas até 31/08/2015, por unidade gestora:

Prefeitura Municipal:R$ 9.522.889,13

Câmara Municipal de Vereadores: R$ 467.775,02

Fundo de Aposentadoria e Beneficiência: R$ 640.342.44,00

As despesas constitucionais dos serviços de saúde somaram o valor de R$ 2.403.937,56, com percentual de aplicação de 29,85% com relação as receitas constitucionais. Já as despesas com serviços de ensino tiveram percentual de 23,31% sobre as receitas, tendo sido aplicado o valor de R$1.894.006,25.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.